home F.A.Q twitterdear cacau desabou facebook poesia em imagem
“Eu me pergunto se ele sabe, que ele é tudo que eu penso à noite.”
1 2 3 4 5
THEME BY FUTURASUICIDA DTS ++
“Eu não te pergunto nada, não te peço nada, até não me preocupo onde e com quem você esteja. Mas toda noite eu sussurro bem baixinho até o sono vir: me ama, por favor.”
Caio Fernando Abreu. (via subtraido)

Eu queria deitar no seu colo. Eu queria te abraçar. Eu queria estar com você.

P.S. Eu te amo.   (via autorias)

“Vivo de carências.”
Johnny.    (via autorias)

“Como alguém pode roubar a felicidade?”
A Menina que Roubava Livros. (via subtraido)

“A gente corre o risco de chorar um pouco, quando se deixa cativar.”
O Pequeno Príncipe. (via autorias)

“As vezes sorrir pelas coisas mais bobas, me faz esquecer dos meus problemas.”
Henrique Pires.  (via renunciador)

“Eu sei que nós nos conhecemos há pouco tempo e eu sei que estou disputando sua atenção, mas eu nunca conheci alguém como você, eu olho pra você e vejo um anjo, eu toco a sua pele e todo meu corpo acende, eu beijo você e eu sei que estou me apaixonando… Eu estou apaixonado por você.”
The Vampire Diares.      (via subtraido)

“A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou menos, e até ter um governo mais ou menos. A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro. A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos. Tudo bem. O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos, ser amigo mais ou menos, namorar mais ou menos, ter fé mais ou menos, e acreditar mais ou menos. Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos.”
Chico Xavier.  (via auroriar)

“Sou transparente demais. Não sei fingir algo que não sinto, ou disfarçar algo que estou sentindo.”
Caio Fernando Abreu. (via autorias)

“Não adianta fingir que não sente na tentativa de passar a não sentir e quer saber? Te amo, te amo de um jeito que eu tento explicar e não sei… Engasgo, afogo e uso palavras pela metade.”
Tati Bernardi.    (via subtraido)